CATEGORIA REJEITA PROPOSTA para acordo na Copasa e Copanor

CATEGORIA REJEITA PROPOSTA
para acordo na Copasa e Copanor

12 de outubro de 2023 1 Por Comunicação Sindágua-MG

Trabalhadores encaminham retorno às negociações e deliberam o ESTADO DE GREVE

Em todas as assembleias realizadas pelo SINDÁGUA, os trabalhadores na Copasa e na Copanor rejeitaram as contrapropostas das empresas apresentadas à categoria para os acordos coletivos de trabalho 2023.
Os trabalhadores destacaram pontos fundamentais para buscarmos respostas positivas nas negociações e entendimento que nos leve ao Acordo Coletivo. São eles:

  • Correção de salários e benefícios socioeconômicos pela inflação (INPC pleno) e concessão de ganho real, sobretudo em razão da sobrecarga de trabalho resultante do decréscimo de trabalhadores na empresa através dos planos de desligamento;
  • Cumprimento do acordo existente para o pagamento da PL Linear a todos os trabalhadores;
  • Estabelecimento de cláusula objetiva e transparente para a garantia de emprego;
  • Reformulação do Plano de Carreiras, Cargos e Salários e cumprimento de cláusulas do PCCS atual para a progressão na carreira, com correspondentes ajustes salariais;
  • Manutenção de todas as conquistas de acordos anteriores;
  • Garantia da data-base até que tenhamos a finalização das negociações e aprovação do Acordo Coletivo de Trabalho.

O SINDÁGUA já encaminhou ofício à Copasa e Copanor solicitando a continuidade das negociações que contemplem estes pontos junto com os demais já respondidos positivamente nas contrapropostas patronais.