COPASA PROPÕE ESCALA DE 12X36PARA ACABAR COM HORAS EXTRAS

COPASA PROPÕE ESCALA DE 12X36PARA ACABAR COM HORAS EXTRAS

7 de março de 2024 3 Por Edição Sindágua-MG

A Copasa enviou ao SINDÁGUA uma proposta de padronização de escala de trabalho nas ETEs e ETAs através de uma escala de Turno Fixo no regime de 12 x 36 em equipes de até quatro trabalhadores.
Esta proposta será avaliada, mas já está claro que a intenção da empresa é eliminar as horas extras.
Em avaliação preliminar, identificamos insuficiência de pessoal, que, apesar da proposta de escala de 12 horas de trabalho por 36 de descanso, irá acarretar situações de escala de 12 x 24. Na apresentação da proposta, a própria empresa afirma que será necessária a contratação de pessoal para viabilizar esta escala de turno fixo e que haverá pagamento de indenização por supressão de horas extras.
Para viabilizar a implantação é necessária a celebração de Acordo Coletivo de Trabalho entre a empresa e o Sindicato.
Antes da avaliação da direção do Sindicato, devemos deixar claro que a luta clássica deve ser pela melhoria dos salários, que não incorra nos trabalhadores a necessidade de fazer horas extras para complementar remunerações baixas e também que aconteçam contratações necessárias para evitar sobrecarga de trabalho e prejuízos à saúde com jornadas extensas, além de nos preocuparmos com a liberdade de vida social de cada companheiro.
A proposta será amplamente discutida pela direção do Sindicato, pelo jurídico e pelos próprios trabalhadores, antes que tomemos qualquer deliberação em assembleia para um eventual Acordo Coletivo.